jusbrasil.com.br
9 de Dezembro de 2021

5 motivos para registrar a marca da sua Startup

Proteja o maior ativo da sua empresa

Aguilar Advocacia, Advogado
Publicado por Aguilar Advocacia
há 6 meses

Nós, consumidores, estamos frequentemente expostos à inúmeras marcas, seja no ambiente online ou físico. Faço menção aos termos: “Bom Bril”, “Ninho”, “Xerox”, “Cotonete”, “Gilette”, "Band-aid" para citar apenas alguns.

Aposto que, subconscientemente, você referenciou essas marcas como produtos reais, e não apenas como suas respectivas marcas.

Então, eu lhe pergunto: como você marca um nome e quais são os benefícios da marca registrada?

As empresas citadas não nasceram com essa associação entre marca e produto. Eles não apenas pensaram em um nome, sinal, design ou expressão que ressoou com os conceitos de seus produtos, mas também registraram esses ativos.

Isso levanta a questão de como as marcas impulsionam o sucesso de startups e os benefícios do registro de marca no longo prazo.

Por essa razão, aqui estão as 5 motivos pelos quais você deve registrar a marca da sua startup:

1. O registro evita problemas jurídicos no futuro

Não registrar a sua marca pode deixar a sua startup suscetível a ações judiciais de empresas que a registraram com o mesmo nome, sinal, slogan ou design. Se isso ocorrer, sua empresa será forçada a lidar com a alteração e perda de investimentos feitos, como a campanha, o material do site e, em grande parte, a própria identidade visual de sua marca.

Ao registrar a marca, sua startup impede que outra empresa use seu nome, bem como imite seus produtos ou serviços.

2. O registro cria reconhecimento de marca

A marca registrada garante às startups a segurança de ter sua própria identidade. Ao registrar o nome, a empresa torna seus serviços e produtos distintos em relação aos concorrentes, sendo de sua propriedade determinado design, nome ou forma. Ao fazer isso, evita-se que rivais copiem ou roubem sua marca.

3. Você diz aos seus concorrentes que você acredita no sucesso da sua marca

Não é nenhum segredo que as marcas registradas dão crédito ao nome de uma empresa; veja o exemplo da Apple.

Você acha que a Apple não registrou seu nome, nome de seus produtos ou marca?

Pense na carnificina legal que se seguiria; as pessoas estariam lutando com unhas e dentes para lucrar com o império de sucesso que cerca o nome “Apple”.

A partir de seu branding, uma empresa que tem uma marca registrada informa ao mundo e aos concorrentes que eles acreditam no sucesso de seus negócios e que têm algo que vale a pena roubar. Isso parece um pouco sombrio, mas é a mais pura verdade.

Você protegeria algo que não vale a pena? Ir além, registrando uma marca para sua empresa lhe destaca de uma maneira diferente aos olhos de seus consumidores-alvo.

4. A marca será "vitalícia"

Após o deferimento do registro, a marca possui validade de 10 anos, necessitando apenas de renovação periódica que se dará por igual período. É o que diz o art. 133 da Lei 9.279, também chamada de Lei de Propriedade Industrial:

Art. 133. O registro da marca vigorará pelo prazo de 10 (dez) anos, contados da data da concessão do registro, prorrogável por períodos iguais e sucessivos.

Considere as empresas gigantes mencionadas na introdução deste texto: Gilette e Ninho; há décadas elas têm sido referências em seus respectivos nichos de mercado e continuarão a prosperar pelos próximos anos.

Isso traz a importância de conduzir uma análise de viabilidade completa da marca para garantir que o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) não negue seu pedido de registro.

Portanto, é aconselhável que você entre com o pedido acompanhado de um profissional especializado neste tipo de demanda.

5. A marca é o maior ativo de uma empresa

A marca registrada pode atuar como um catalisador para aumentar seu próprio valor à medida que uma empresa iniciante amadurece, ainda mais, se a startup continuar a se expandir. Assim, é importante usá-la nas estratégias de marketing para aumentar seu reconhecimento e atrair mais consumidores.

Uma vez que uma startup tenha obtido uma reputação positiva por seu produto ou serviço, os consumidores irão associar sua marca ao modo como o negócio está funcionando. As marcas registradas são fundamentais quando uma empresa deseja (i) diversificar seus produtos ou serviços e (ii) obter mais valor caso seja posta à venda.

CONCLUSÃO

O registro de uma marca deve ser uma prioridade quando uma startup está se estabelecendo no mercado. Isso protegerá sua empresa desde o início, resguardando seu sucesso no longo prazo.

É importante regular juridicamente uma startup, a fim de obter uma posição vantajosa e evitar perdas financeiras no futuro que atrapalhariam a empresa no caminho para ser considerada “um unicórnio”.

Caso não tenha compreendido algum ponto deste artigo ou queira continuar conversando sobre o tema, entre em contato pelo e-mail: contato.aguilaradv@gmail.com.


Siga-nos no JusBrasil para receber notificações sobre os próximos artigos

Se você achou este texto útil, clique em “👍“ e recomende para mais pessoas


6 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Excelente artigo. Parabéns aos autores. continuar lendo

Excelente! continuar lendo

Texto maravilhoso e muito esclarecedor, galera! continuar lendo

Muito bom e esclarecedor continuar lendo